quarta-feira, 13 de abril de 2011

Tudo está perdido, mas existem possibilidades (...)

Era aquele jeito singular dela de acordar cedo, fumar escondida no banheiro enquanto todos dormem. Depois era se esconder na fumaça, tomar um banho e cantar em frente ao espelho balançando os cabelos molhados e dançar ao som de sereníssima. Bom e velho Renato Russo! Os passos fora do ritmo dela me encantavam. "Há jeito para tudo, basta acreditar."
Tão errada e tão correta... Isabela.